sexta-feira, 14 de junho de 2019

Santo António já é, em Paiva, efígie de nota para colecionadores!


Festa da Freguesia
No Parque das Tílias – Adep - C. de Paiva, realizou-se pela primeira vez a Festa da Freguesia de Sobrado/Bairros com a colaboração da ADEP.
Uma iniciativa para continuar, dada a participação da população neste evento, onde não faltou animação e o sempre apetecível porco no espeto, sardinha assada e o caldo verde.
Foram homenageadas associações da freguesia que se destacaram nas suas modalidades, nomeadamente o Grupo Desportivo de C. de Paiva e a Associação Desportiva de Bairros, não esquecendo a título póstumo o João de Bairros, pessoa que em vida contribui com seus préstimos nos bombeiros, junta de freguesia, S. C. Paivense e no Bairros.
Também a ADEP e a Câmara Municipal receberam lembranças.
Nesta festa popular, houve uma primeira feira de velharias, a ADEP quer que a iniciativa seja mensal, para isso conta com a colaboração das pessoas que tenham utensílios, que já não usam e que possam trocar ou vender neste Parque das Tílias.
Aproveitando este feriado em que se comemorou o dia de Portugal, a ADEP colocou fotos de personalidades que se notabilizaram no concelho, nomeadamente o primeiro Conde de C. de Paiva, Santo António (como efígie de uma nota que passa a ser artigo de coleção) e o histórico Rei Garcia, dono e senhor de TERRAS DE PAIVA, por muitos considerado o “primeiro Rei de Portugal e da Galiza” assim dizem alguns historiadores.
Uma palavra de agrado para quantos se associaram a esta iniciativa e estamos certos que a Festa da Freguesia vai ser um dos eventos com maior referência nesta nossa freguesia de Sobrado/Bairros e o Parque das Tílias é inevitavelmente o melhor local para se realizar este e outros eventos.

Este evento além de proporcionar a realização de nobres objectivos por parte do executivo da Junta de freguesia de Sobrado, deu visibilidade ao trabalho que a mesma vem fazendo em parceria com a ADEP na limpeza do espaço central do Parque das Tílias. Paralelamente e por sua vez a ADEP além dos objectivos referidos, teve também oportunidade de beneficiar e de mostrar os vários patrocínios que obteve junto do comércio e serviços locais; a saber: publicidade no barco rabelo por parte das Carpintaria e Construções Santa Cecília; Garagem Baía, Vinho Verde, Campo Grande; Churrasqueira Casa do Zé e Confeitaria Tropicália.
Foram ainda distinguidos os três melhores "espaços de venda" do Mercado Das Coisas Perdidas com brindes carinhosamente ofertados, a saber (uma noite para duas pessoas pelo Hotel S. Pedro; 2 almoços/jantares pela Chuirrasqueira Casa do Zé e uma caneca de procelana por João da Gráfica).
A todos a ADEP endereça reconhecida o seu Bem Haja!
p.s. A nota de Santo António vai ser colocada à venda nos seguintes estabelecimentos: a Confeitaria Tropicália, Posto de Turismo, Hotel de São Pedro e ADEP, entre outros.

11 de junho às 22:03

quinta-feira, 6 de junho de 2019

Terá sido D. Garcia II o verdadeiro primeiro Rei de Portugal? E Paiva foi seu território de refúgio?

D. Garcia II

imagem de D. Garcia II in blogue https://www.vortexmag.net/tera-sido-d-garcia-ii-o-verdadeiro-primeiro-rei-de-portugal/

Terá sido D. Garcia II o verdadeiro primeiro Rei de Portugal?

Foi José Hermano Saraiva o primeiro a sugerir que poderíamos ter que reescrever a história do nosso país. D. Garcia II, talvez o primeiro Rei de Portugal.


Em Castelo de Paiva, Adriano Strecht de Vasconcelos publica em 1938 a lenda que se reporta a um episódio de vida de El-Rei Garcia com mais de 900 anos!


(Penedos que segundo alguns terão sido destruídos para exploração de pedra)

domingo, 2 de junho de 2019

Quando temos o original, para quê promover a cópia?








Quando temos o original, para quê promover a cópia?
Nesta iniciativa a ADEP, desde 1986, gerou e proporcionou uma dinâmica alargada de conhecimento e ligação intergeracional, à terra e atividades, que se mantêm visível e apreensível no terreno, constituindo também uma componente importante do espaço de Museu "Primeiras Artes" da ADEP - Parque das Tílias, actividades que "não contam" para os sucessivos orçamentos autárquicos...
Em breve, com a colaboração de alguns empresários, apresentaremos mais um trabalho que conseguimos realizar, subsistindo ainda em projecto outros aspectos que por razões de natureza financeira terão de aguardar por melhores dias.