sábado, 2 de julho de 2022

Feira do Vinho Verde / Castelo de Paiva - Hoje e Amanhã!

E para compôr o Beberete não faltará lá o já famoso Briquete!
E se vieres no teu "bolinhas" e nas Tílias o quiseres deixar, também lá o Briquete vais encontrar!

domingo, 26 de junho de 2022

Parqueamento para clássicos no Parque das Tílias

"Clássicos também são património" é o lema escolhido pela ADEP para ajudar a dar resposta ao problema de estacionamento que acontecerá nos próximos dias 1,2 e 3 de Julho, em Sobrado, Castelo de Paiva. O Parque das das Tílias será o local para comodamente e à sombra se poderem estacionar e expor os clássicos que demandem Castelo de Paiva nesses dias. Terão assim entrada e permanência gratuita todos os carros antigos,
com 30 ou mais anos. Recomenda-se uma inscrição prévia porque, como em tudo, os espaços são limitados. Telefone 255689486 e adeppaiva@gmail.com

Rota das Origens de Santo António!

Ontem passaram pelo Parque das Tílias seis dezenas de visitantes, que quiseram conhecer os diversos espólios museológicos da ADEP e percorrer uma parte do percurso da Rota das Origens de Santo António, Marmoiral, Pias dos Mouros e Casa da Torre de Vegide, guiados por João Vieira. Os visitantes, oriundos de Loures, escolheram Castelo de Paiva para venarearem três dias de férias, e conhecer a nossa história e paisagem. A Associação Sol Nascente foi quem assumiu acompanhar e preencher o calendário diário de visita, almoços e dormidas; que incluiu ao que sabemos: almoço no São Domingos, passagem pelo centro da Vila e resenha histórica a cargo de Luis Quintas e no dia de hoje um périplo por percursos do Payvà pé nas alfeias em Xisto Midões e Gondarém. Um acontecimento que merece reflexão para avaliar a forma como o Município e o Turismo tratam estas oportunidades de negócio com muito interesse para o pequeno comércio e restauração.
Martinho Rocha

segunda-feira, 20 de junho de 2022

Cavaleiros a Santiago de Compostela!

A ADEP procura e apela à colaboração de todos os que tenham cavalos, disponham de instalações de alojamento, tenham disponibilidade e vontade em participar em iniciativa que ajude a manter um percurso a cavalo a Santiago de Compostela. Esta iniciativa para cujos desenvolvimentos apelamos, terão de ocorrer no território e caminho de travessia do Douro (alternativo dos caminhos Central e do Interior), hoje mais conhecido no sentido norte/sul (para Fátima) e que congrega os peregrinos oriundos dos concelhos a norte, limitrofes da ponte de má memória (Hintze Ribeiro), que caminham em direção a Castelo de Paiva, terras de Arouca e de Oliveira de Azeméis. A Direção da Federação Portuguesa do Caminho de Santiago considera oportuno desenvolver uma Estratégia Nacional para Peregrinação Equestre a Santiago de Compostela."Portugal é um país com uma longa tradição em atividades equestres, dispondo inclusive de uma das raças de cavalos mais apreciadas do mundo (o Puro Sangue Lusitano), e que o nosso país tem verificado nas últimas décadas um aumento sem precedentes da procura pelas vias históricas de peregrinação a Santiago de Compostela. Assim agradecemos a quem possa estar interessado nos contacte (*) ou à Federação, a fim de podermos passar toda a informação inerente a esta iniciativa que se pretende seja mais um contributo "para identificar possíveis estruturas de apoio relevantes, públicas, privadas ou associativas, incluindo centros hípicos ou equestres, unidades de alojamento de cavalos e outro tipo de infraestruturas de apoio." (*)via email adeppaiva@gmail.com ou telefone 255 689 486 ou 919112213

terça-feira, 14 de junho de 2022

Comemorações a Santo António em Sobrado Castelo de Paiva!

O momento alto das comemorações realizadas pela Casa da Boavista e ADEP a Santo António, aconteceu ontem dia 13, com a celebração da missa na Capela de Santo António no Solar da Casa da Boavista, em Sobrado, a cargo do Pároco da freguesia Padre Sérgio. Este foi mais um dia de Santo António que a ADEP assinalou, no ano passado com a visita aos jardins e Chafariz, este ano a casa da Boavista, a proporcionar a abertura da Sala do Arco e a capela onde previamente fez obras inadiáveis e a comunidade Paivense, teve a oportunidade de retomar a tradição que estava perdida há décadas de se celebrar missa na capela da Boavista. De registar que a capela foi pequena para acolher todos os Paivenses que se quiseram associar às cerimónias, tendo a celebração eucarística sido celebrada em honra e memória de D.Brites de Arrochela, de seu filho D.José Martinho de Arrochela Pinto de Lancastre Ferrão, 3 Conde de Arrochela e naturalmente em louvor a Santo António. A ADEP realizou no dia anterior, como noticiou uma caminhada pela Rota das Origens de Santo António (Marmoiral Boavista, Gondim Portal da Serrada, Vegide e Corvite, Pias dos Mouros), e no Parque das Tílias a feira das velharias e antiguidades (nova vida às coisas perdidas), com sardinhada e caldo verde. Um bem-haja ao Dr. Bernardo de Alegria, atual usufrutuário pela disponibilidade, pelo arranjo da capela, e pelo incentivo e pronta colaboração em toda este acontecimento.

terça-feira, 7 de junho de 2022

Caminhada e Missa em louvor de Santo António

Domingo 12 e Segunda Feira 13 vários eventos terão lugar em louvor a Santo António. O reiniciar de uma tradição dos tempos dos já falecidos: Condessa de Arrochela e filho D. José de Arrochela Conde Castelo de Paiva! Caminhada amanhã domingo - caminhada pela Rota das Origens de Santo António, com saída do Parque das Tílias 10 horas, com sardinhada e caldo verde no regresso (por inscrição): 12,30 horas! Missa em louvor a Santo António na segunda-feira na Capela da Boavista - 18 horas. O retomar de uma tradição dos últimos representantes: D. Brites Condessa de Arrochela e D. José Conde de Castelo de Paiva! Participe!

domingo, 22 de maio de 2022

Doce Briquete, versão final

O Doce Briquete é mais uma ideia de Mário Gonçalves Pereira a agregar ao trabalho que - nesta temática - vem desenvolvendo em torno da memória e do património mineiro, e que a ADEP vem apresentando,de há uns anos a esta parte. Primeiro foi a criação do espaço de divulgação "ao encontro com as Minas do Pejão" associado à Feira do Séc. XIX, cujo conteúdo veio a integrar ações de trabalho e representação do Grupo dos Mineiro, depois a localização e identificação dos testemunhos e vias de ligação às diversas minas, que contribuiu de forma relevante para o êxito e implementação do percurso PR-2 CPV - Caminhos do Pejão Velho e mais recentemente a publicação da sua obra "Minas do Pejão - MeMóRiAS. De facto quando o homem sonha e acredita, a obra nasce! O Doce Briquete tem marca registada e resulta de acordo de parceria da ADEP com a empresa de panificação e pastelaria detentora da marca Art'Doce.