sábado, 5 de dezembro de 2009

notas sobre o 496.º aniversário do Foral de Paiva, na ADEP



- E então como correu a caminhada ? - perguntará quem não esteve. - Correu bem ! Foi concorrida, animada, educativa e até confortante para o estômago - dirá quem participou !

Iniciou-se no Parque das Tílias, pelas 9,30 horas, tomou-se o autocarro da Câmara até Vilar onde se procedeu à concentração e se "alistou" o novo Presidente Gonçalo Rocha. Depois as boas vindas do Martinho e a entrega do grupo ao guia de serviço, o sr. Coelho. Seguiu a caminhada, com o avistamento do local da entrega do foral em 1517, com passagem pelos caminhos e veredas de Nojões, por entre o casario de xisto, até ao Sardoura. Viu-se a casa da cadeia. Falou-se da feira dos porcos, do engenho de linho e da casa da roda. Deram-se os bons dias a alguns residentes e recordaram-se as gentes que por aqui viveram e trabalharam até meados do século passado. Passamos a ponte que a cheia de 67 não derrubou e entramos na freguesia de Sobrado, onde constatamos um problema de saneamento que está a poluir estas quintas e lameiros, algumas desactivadas como as de Almarde.

Depois já na ADEP tivemos oportunidade de ouvir a Joana Martins, jovem associada, com formação em História que nos deu uma "aula" sobre o Foral às Terras de Paiva, a que se seguiu um prato de reconfortantes papas acompanhadas de rojões, vinho verde e brôa e milho.

À margem deste "encontro com a ...história" foi visionada uma selecção de fotos sobre os 30 anos de actividade da ADEP, lançado calendário temático para 2010 e ainda tivemos a oportunidade de receber o sr. Armando Pinto Lopes que veio entregar à ADEP alguns exemplares da obra recentemente editada sobre a Empresa de Viação Paivense, em que a adep colaborou com algumas fotos e que faz o historial de uma das primeiras empresas de transporte motorizado do norte que em Paiva tem longa história através da "camioneta do correio" ou do "Pinto Lopes".

Sem comentários: