domingo, 10 de janeiro de 2021

ADEP pede à Câmara, para o Parque das Tílias, os materiais dispensados na Vila

Constatando com surpresa que as obras no centro da Vila estão a dispensar todos os materiais de calçada, lajes dos passeios (dos nossos granitos) e bancos de jardim, estes de um estilo bem marcante do séc. XIX, portanto de uma época que temos bem vincada na arquitectura, e não só, dos edifícios da Frutuária, local onde desenvolvemos e recriamos anualmente evento social marcante dessa época, achamos que esse espaço - Parque das Tílias - , com a incorporação de alguns desses materiais e mobiliário pode ser muito melhorado. Considerando ainda que já o fizemos com antigos candieiros do Largo do Conde, lajes e bancos de pedra então retirados da Bafareira e Rua da Boavista, vimos dar público testemunho do pedido endereçado à Câmara Municipal no sentido dessa cedência a fim de podermos proceder a alguns calcetamentos, criar um passeio novo, bem como proceder à colocação de bancos em espaços de sombra e de descanso.

1 comentário:

nao disse...

Acho a ideia Exlente primeiro porque dava vida ao nobres materiais.segundo porque ficavam a repousar e visíveis memórias de um povo que se dignou sempre pela história do se eu conselho e suas raizes